Cana

cana2

Desde quando foi trazida do sul da Ásia ao Brasil, ainda no século XVI, a cultura da cana-de-açúcar tornou-se de grande importância econômica e histórica. Atualmente, o Brasil é o maior produtor mundial de cana, com cerca de 610 milhões de toneladas em média produzidas anualmente. O País ocupa também o primeiro lugar na produção de açúcar e etanol. Este último conquista cada vez mais o mercado externo, sendo usado como biocombustível, uma alternativa energética sustentável. E nós da Dow AgroSciences colaboramos para melhorar ainda mais esse cenário, oferecendo aos agricultores brasileiros produtos de eficácia comprovada há mais de 30 anos, além de tecnologias inovadoras adequadas à nova realidade das lavouras do país, cada vez mais mecanizadas.

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Para manter o Brasil como líder mundial em cana-de-açúcar, oferecemos programas específicos para contribuir para o desenvolvimento da cultura no País:

            1) O Dow Orienta Cana, por exemplo, oferece a assessoria de nossos promotores, que fortalecem as recomendações técnicas aos produtores, e Representantes de Vendas (RTVs), que monitoram o processo da aplicação de herbicidas diretamente nas usinas.

               2) A Escola Dow Cana, que capacita profissionais do setor e da nossa equipe por meio de treinamentos ministrados por especialistas do setor. 

Para saber mais sobre esses programas, entre em contato com o representante de sua região através da nossa central de atendimento.

PRODUTOS

O estado de São Paulo é responsável por mais de 50% da produção nacional. Outros estados, como o Paraná, Mato Grosso do Sul e Goiás, também se destacam nesta cultura. Para todas as regiões, a Dow AgroSciences oferece seu portfólio, com destaque para o Coact*, um herbicida altamente seletivo para controle de plantas daninhas de difícil controle, como corda-de-viola, com alta eficiência em lavouras mecanizadas e convencionais,  e Combine*, herbicida que há mais de 30 anos no mercado mantém o alto nível de uso e desempenho.

HERBICIDAS
Hoje, a maior parte das lavouras de cana-de-açúcar são colhidas mecanicamente, e no estado de São Paulo, o indice deverá atingir 100% até 2017. Essa realidade trouxe novos desafios para a produção. Para enfrentá-los, atualizamos e continuaremos a atualizar nossas tecnologias, investindo grandes recursos na busca de soluções contra plantas daninhas de difícil controle, doenças e insetos prejudiciais.

Para mais detalhes sobre os produtos, clique aqui

logocana