Usina Santa Fé recebe Programa de Aplicação Responsável da Dow AgroSciences com foco em cultivos de cana-de-açúcar

Desde o seu início, em 2010, o programa já treinou cerca de 16 mil profissionais do campo sobre a importância das boas práticas agrícolas, com foco nos conceitos de tecnologia de aplicação

 

A Dow AgroSciences realizou no dia 4 de maio, treinamentos do Programa de Aplicação Responsável em cultivos de cana-de-açúcar da Usina Santa Fé, no município de Araraquara (SP). Um dos projetos de Boas Práticas Agrícolas, o programa foi desenvolvido com o objetivo de promover a responsabilidade, qualidade e segurança durante a aplicação de defensivos agrícolas.

 

“A ideia é melhorar a eficiência da tecnologia de aplicação por meio da correta manutenção e calibração dos pulverizadores no campo, da escolha criteriosa do tamanho de gotas, do volume de aplicação e da verificação das condições climáticas no momento da aplicação, com isso, o produtor otimiza suas operações, reduz perdas e melhora sua produtividade”, comenta a coordenadora de Boas Práticas Agrícolas da Dow AgroSciences, Ana Cristina Pinheiro. “Com o Programa de Aplicação Responsável, a empresa promove a conscientização das iniciativas de Boas Práticas Agrícolas, incentivando a otimização de recursos, a redução do impacto no meio ambiente e uma maior sustentabilidade para o agronegócio”.

 

O investimento em tecnologia e educação está dentro dos objetivos da empresa que foca na importância dos treinamentos para capacitar e disseminar as melhores recomendações por meio de práticas integradas em todas as etapas do processo de cultivo e produção.

 

“O projeto fortalece o conceito que anteriormente não valorizávamos integralmente, além disso contribui fortemente com a qualidade da aplicação, promovendo ainda um impacto econômico de redução de gastos, justamente por não aplicarmos os produtos fora dos parâmetros considerados adequados”, reforça José Luís Moretti Junior, Engenheiro Agrônomo.

Em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu, os treinamentos deste ano serão realizados, além dos cultivos de cana-de-açúcar, em grandes culturas, hortifrúti, agricultura familiar e campos de produção de sementes, ressaltando o comprometimento com a sustentabilidade em toda a cadeia produtiva, passando por todas as 5 macrorregiões do Brasil. A meta planejada para 2017 prevê 110 treinamentos com capacitação de cerca de 2800 agricultores, técnicos e operadores de pulverizadores.

 

 

Bibliotecas Digitais de Boas Práticas Agrícolas

Para reforçar e ampliar ainda mais todo o trabalho desenvolvido pela Dow AgroSciences em Boas Práticas Agrícolas, a empresa conta também com sua biblioteca digital voltada para o tema. A ideia é levar ao público conhecimento e informações de qualidade sobre os principais pilares que permeiam todo o processo do cultivo. Conteúdos específicos sobre Manejo de Plantas Daninhas, Manejo Integrado de Pragas, Tecnologia de Aplicação e Segurança do Trabalhador estão disponibilizados em ferramentas diversas, como por exemplo, webinars, e-books, artigos, vídeos, entre outros, possibilitando a conectividade e interação de maneira rápida e acessível. Acessem o website Boas Práticas Agrícolas clicando aqui e sigam os perfis no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

 

 

Sobre a Dow AgroSciences

A Dow AgroSciences, com sede em Indianápolis, Indiana, nos Estados Unidos, desenvolve soluções inovadoras para a proteção de cultivos e biotecnologia de plantas para atender aos desafios de um mundo em crescimento. A Dow AgroSciences é uma subsidiária em caráter integral da The Dow Chemical Company e obteve um volume de vendas global de US$ 6,4 bilhões em 2015.